“A CABEÇA” – 28.out.2020.

A CABEÇA – 28.out.2020

 

A proposta da instalação “A CABEÇA” recorri a um detox mental. Venho refletindo muito sobre eudaimonia e, a pouco tempo, mediante uma mudança abrupta profissional na minha vida e no meu estado emocional, tive que me perguntar:

“Como eu posso te fazer feliz?”

A resposta foi: Flores.

As flores funcionam como uma meditação, um mantra, uma suspensão, me deixa num estado de euforia e felicidade, quando estou em seu poder sou eu e elas. 

Para representar este momento usei: couve, maças, gengibre, limão, água, hortelã, flores frescas, flores secas, folhagens, flor estrela e intermediárias, espaço negativo, movimento, texturas, e interagir: podendo tomar a água saborizada com hortelã (reposição de tempo em tempo) como uma ação antropofágica e movimentar a luz com refletor móvel para modificar a sombra possibilitando outras perspectivas (vídeos).

Ao final, numa nova ação antropofágica, bati no liquidificador o detox: as folhas de couve, maças, gengibre, as duas taças de água, limão … (as flores reutilizei e outras foram para a terra.

 

Deixe uma resposta